MEC lança caderno da Política Nacional de Alfabetização
19 de agosto

MEC lança caderno da Política Nacional de Alfabetização

Acessibilidade

O Ministério da Educação (MEC) lançou na semana passada o caderno da Política Nacional de Alfabetização (PNA). É um guia explicativo que detalha a política e é destinado a estados e municípios, professores e alunos do ensino fundamental, pais e responsáveis, além de estudantes da educação de jovens e adultos.

São 54 páginas que abordam o cenário atual, marcos históricos e normativos no Brasil. O caderno apresenta importantes relatórios científicos internacionais e aborda conceitos sobre alfabetização, literacia e muito mais.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, reforçou que a Política Nacional de Alfabetização tem suas bases em evidências que deram certo. “Estamos pedindo para que a alfabetização tenha critérios científicos”, disse.

O leitor ficará por dentro do papel da família para o sucesso das crianças na aprendizagem da leitura e da escrita. Como desde antes da alfabetização a criança deve aprender certas habilidades de maneira lúdica e adequada à idade dela. A adesão às diretrizes da PNA é voluntária. O caderno trata ainda do aprendizado de jovens e adultos.

O trabalho se inspira no que é realizado em países que aumentaram seus indicadores educacionais. São exemplos: Austrália, Canadá, Chile, Estados Unidos, França e Portugal. E o que há de comum em todos eles? Seguiram evidências científicas e priorizaram a educação básica.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do MEC