Lançada nova pós-graduação em Psicomotricidade
17 de junho

Lançada nova pós-graduação em Psicomotricidade

Geral


O Grupo Isead lançou uma nova pós-graduação focada na qualificação do profissional de educação. A pós em Psicomotricidade está com inscrições abertas e aulas programadas para o segundo semestre de 2019. Mas você sabe o que é Psicomotricidade? E faz ideia da importância dela na educação das crianças?

A Psicomotricidade é o estímulo à prática de movimentos em todas as faixas-etárias. Deve começar a ser trabalhada ainda na Educação Infantil para estimular a aprendizagem e o desenvolvimento psicológico, motor e cognitivo. Ensina às crianças a dominar o próprio corpo e perder a inibição voluntariamente, dois processos fundamentais para o aprendizado .

O trabalho da Psicomotricidade contribui para o desenvolvimento global da criança nos seus aspectos motores, cognitivos e relacionais. O desenvolvimento estruturado e sadio da criança reflete no seu processo de aprendizagem. Cumpre um papel importantíssimo na Educação Infantil e está diretamente relacionada aos desenvolvimentos motores, afetivos e intelectuais dos pequenos”,

Janayna Pires, psicóloga e professora da pós

“O trabalho da Psicomotricidade contribui para o desenvolvimento global da criança nos seus aspectos motores, cognitivos e relacionais. O desenvolvimento estruturado e sadio da criança reflete no seu processo de aprendizagem. Cumpre um papel importantíssimo na Educação Infantil e está diretamente relacionada aos desenvolvimentos motores, afetivos e intelectuais dos pequenos”, destaca a psicóloga Janayna Pires, supervisora da Clínica da Faculdade Europeia na Pós-Graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional e uma das professoras da futura pós em Psicomotricidade.

A nova especialização do Grupo Isead terá 369 horas/aula e valor de R$ 199 mensais. As aulas serão bem práticas, preparando os alunos para atuar de forma prática nas escolas e instituições educacionais. O objetivo é o desenvolvimento da aplicabilidade da Psicomotricidade.
Lembrando que o não-desenvolvimento da Psicomotricidade é extremamente prejudicial à criança. A falta de estímulos à independência motora e cognitiva provoca sérias consequências ao desenvolvimento dos pequenos.

Para especialistas no tema, uma das principais atividades que precisa ser cada vez mais desenvolvida é a lateralidade, ainda pouco trabalhada nos alunos pelas escolas. E, quando isso acontece, a criança apresenta dificuldades, por exemplo, em utilizar os termos direita e esquerda e apresenta certo embaraço para acompanhar a direção gráfica de leitura e escrita.