Eduvoucher, um startup para ampliar o acesso à educação
24 de abril

Eduvoucher, um startup para ampliar o acesso à educação

Geral

Em tempos de crise, a tendência é que os investimentos em educação fiquem em segundo plano. Pincipalmente no segmento de qualificação profissional. Na tentativa de reverter essa realidade – ou ao menos minimizá-la -, o empresário do setor de educação em Pernambuco Wagner Frazão criou a Eduvoucher, uma empresa de intermediação educacional com o objetivo de ampliar o acesso à educação e melhorar sua qualidade através de um sistema de voucher educacional.

As empresas, governos ou até mesmo um patrocinador (pessoa física ou jurídica) podem adquirir um voucher educacional para um estudante/funcionário/colaborador por meio do site da Eduvoucher (www.eduvoucher.com.br). Com o eduvoucher em mãos, o aluno se dirige para a instituição educacional e faz o pagamento do seu curso. O voucher educacional poderá ser no valor integral ou parcial da mensalidade da instituição de ensino. Quando o voucher é no valor parcial, o aluno deverá pagar a diferença.

“A escolha da instituição é livre, o aluno (ou os seus pais) pode escolher a escola ou faculdade que melhor atenda às suas preferências pessoais, tais como proposta pedagógica, estrutura de ensino, tipo de curso, localização e valores culturais. O eduvoucher é aceito em instituições de educação básica (ensino fundamental e médio), superior, profissional e cursos de idiomas”, explica Wagner Frazão.

A Eduvoucher é uma empresa de base tecnológica, que funciona no modelo de marketplace, semelhante ao UBER. “De um lado estão empresas, governos e patrocinadores que compram os vouchers educacionais para um estudante. Do outro lado estão instituições de ensino, que fornecem o serviço educacional. A Eduvoucher por meio do seu website reúne todos esses agentes, com objetivo de ampliar o acesso à educação”, detalha o empresário.

Mas quais as vantagens para se participar da Eduvoucher?

Para as empresas, a Eduvoucher oferece muitas vantagens, tais como retenção de talentos, melhoria do custo do trabalho, redução da base de cálculo para o imposto de renda, responsabilidade social e facilidade operacional.

Para os governos, a Eduvoucher pode ser uma maneira mais eficiente de promover a educação, fornecendo vouchers educacionais para que os alunos que estão na rede pública possam ter a opção de estudar em escolas de melhor qualidade.

“Estados Unidos, Canadá, Suécia e Chile são exemplos de países que adotaram o instrumento do voucher educacional para aperfeiçoar sua política de educação. Agora, no Brasil por meio da Eduvoucher este sistema de voucher educacional pode ser adotado, reduzindo o gasto per capita com o aluno da rede pública e melhorando a qualidade do ensino ofertado pelo Estado”, alerta Wagner Frazão.

Patrocinadores, empresas ou pessoas físicas encontram na Eduvoucher uma ferramenta de melhorar a eficiência do patrocínio para a educação, com redução do custo logístico de gestão do benefício e, sobretudo, aumento da sua eficácia, pois o voucher só pode ser usado em instituições de educação.

As escolas, faculdades, universidade, cursos técnicos e profissionalizantes e cursos de idomas também ganham com a Eduvoucher na captação de novos alunos, redução da inadimplência, fidelização de clientes, maior exposição da marca da instituição de ensino e facilidade operacional e agilidade no recebimento dos créditos.

“É importante destacar que a Eduvoucher não é um programa de bolsas de estudos como tantos. O sistema de voucher educacional foi concebido pelo economista Milton Friedman nos anos de 1950, como uma alternativa para aperfeiçoamento da educação pública nos EUA, baseado na liberdade de escolha das famílias”, finaliza o empresário.

CONTATOS PARA ENTREVISTAS

WAGNER FRAZÃO –  (81) 98609.0523/2138.8390

SITE: www.eduvoucher.com.br

 

INFORMAÇÕES MAIS DETALHADAS

Atrativos em aderir ao Eduvoucher:

* PARA EMPRESAS: As empresas que investirem na educação dos seus colaboradores e dependentes estarão criando um salário indireto (benefício corporativo) com alto impacto motivacional. Uma empresa que está “ajudando” a pagar a escola do seu filho ou o seu curso de MBA, faz você pensar duas vezes em deixá-la para ir trabalhar em outro lugar. Este é o primeiro e principal benefício para a empresa. Os benefícios secundários, porém importantes, seriam a redução da base de cálculo do imposto de renda da pessoa jurídica (vantagem fiscal), menor custo do trabalho, pois o voucher seria uma forma de remunerar o colaborador a custo menor, já que não incidem sobre o benefício os chamados encargos sociais; por último, ressaltamos a dimensão da imagem pública da empresa, pela via da responsabilidade social, como investidora na educação.

* PARA PATROCINADORES: Sobre esta categoria estamos chamando as iniciativas solidárias de empresas (ou fundações empresariais) e pessoas físicas que querem pagar os estudos de uma criança ou jovem. O benefício ou vantagem para este grupo é de cunho logístico, pois o voucher é exclusivo para educação e exige o mínimo de processos para o patrocinador gerir. Tome por exemplo uma fundação que investe em educação de um grupo de 100 jovens espalhados por 20 escolas. Sem o voucher, a fundação teria que fazer convênio com 20 escolas e mensalmente processar o pagamento destas escolas. Com o Eduvoucher o processo é simplificado, reduzindo os custos.

* PARA GOVERNOS: A grande vantagem para este grupo está em poder ofertar uma educação de qualidade para as crianças e jovens a um custo menor. Por exemplo, em Recife no ano de 2015 o custo per capita com cada criança da rede pública municipal estava acima de R$700,00! Com 600,00 ou 650,00 em voucher, o pai da criança manteria o seu filho em uma escola particular ou comunitária com qualidade bem superior a da rede pública. Isto é o que vários estados dos EUA fazem, além do Canadá, Chile e Suécia, apenas para citar alguns exemplos. O Brasil precisa conhecer e adotar esta simples solução e a Eduvoucher pode representar esta solução para o País.

No JC Online

http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/economia/pernambuco/noticia/2016/04/22/startup-pernambucana-lanca-site-de-venda-de-vouchers-para-bancar-profissionalizacao-232305.php

 

RS MULTIMÍDIA

Assessoria de Imprensa Multimídia