Aulas práticas e o aprendizado
9 de abril

Aulas práticas e o aprendizado

Acessibilidade

As aulas práticas, de campo, são fundamentais para o aprimoramento do aprendizado. Ciente dessa importância, a equipe de docentes da UVA estão sempre realizando aulas extraclasse. Abaixo, algumas dessas atividades realizadas no último fim de semana (6 e 7/4/2019).

Atividade extraclasse com a Turma do 4º C da disciplina Educação Urbana, coordenada pelo professor Cleonildo Mota Gomes Júnior. A atividade teve como base de discussão o curta metragem de Kátia Meses “Recife de dentro para fora”, realizdo em 1997 e que faz aclamação do poema de João Cabral de Melo Neto “Cão Sem Plumas”.

A atividade teve como objetivo estruturar um debate sobre a educação urbana, trazendo à tona questões fundamentais para o campo educacional, como a sensibilização do meio ambiente. Segundo o professor Cleonildo, a ideia foi despertar nos alunos a preocupação individual e coletiva para as questões urbanas, propondo a criação de parcerias entre a comunidade e o governo para a construção de uma cidade mais igualitária e sem exclusão social.

“Partindo do pressuposto de que todos devem exercer sua cidadania, propomos neste projeto oferecer oportunidade aos educandos em formação docência para socializar o conhecimento teórico através da prática pedagógica, valorizando todo o contexto urbanístico que compõe a cidade do Recife enquanto proposta de “uma cidade Educadora””, explica o professor.

OBJETIVOS

· Reconhecer o processo histórico-cultural e urbanístico que compõe a Cidade do Recife, tomando como base uma perspectiva antropológica;

· Proporcionar aos (as) graduandos (as) em formação docente a compreenção da Cidade do Recife enquanto agente informal da educação, viabilizando uma proposta didático/pedagógica para a formação de agentes transformadores;

· Entender o contexto de uma cidade educadora, tomando como base o aprender na cidade, o aprender da cidade e o aprender a cidade;

· Compreender as políticas públicas instituídas no contexto de uma cidade educadora por meio da proposta de uma pedagogia da cidade, possibilitando a todos (as) a ressignificação da cidadania e de processos democrático-participativos e da produção de sistemas educativos e culturais em redes.

Abaixo, a excursão pedagógica com os estudantes do curso de Pedagogia da UVA à cidade de Pesqueira no agreste pernambucano, para visitar e conhecer a tribo indígena dos Xucurus.

A visita foi coordenada pelo professor Ednaldo Santos e contou com a participação do professor Eziel Candeia. Lembrando que a UVA é um das poucas Universidades que oferecem disciplina de Educação Indígena em seu currículo acadêmico no curso de Pedagogia.